Campanha Novembro Azul é realizada com sucesso pela Semus

Campanha Novembro Azul é realizada com sucesso pela Semus

43
0
COMPARTILHAR

A secretaria municipal de Saúde (Semus), através de suas Unidades Básicas de atendimento ao público, realizou com sucesso a edição 2018 da campanha nacional Novembro Azul, ação destinada ao combate ao câncer de próstata.

Por ordem do prefeito Edvan de Farias (PSC), o secretário titular da pasta, farmacêutico-bioquímico Silas Duarte de Oliveira, determinou a realização de palestras alusivas ao tema, assim como outras ações como consultas e exames, nas UBSs do Bairro da Esperança, Vila Santos Dumont, Vila Coelho Dias e São José das Verdades.

A equipe responsável por desenvolver as ações e palestras foi formada pelos médicos Dr. Lula, Dr. Frederico Guimarães e Dr. Fabrício e, pelas enfermeiras Ludmilla, Daiane, Jadeane, Iglesias e Beatriz, a quem o secretário de saúde reconhece o esforço e desempenho, louvando a forma como todos atuaram em nome, mais uma vez, do bom andamento da saúde dos bacabalenses.

A Campanha

Para levar informação à população, o Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL) realiza, desde sua fundação, em 2008, iniciativas para promover a mudança de comportamento dos homens, para que incorporem o hábito de consultar um médico e realizar os exames preventivos. “Nossa primeira campanha relacionada ao câncer de próstata foi batizada de Um Toque, Um Drible, em 2008”, afirma Marlene Oliveira, presidente do LAL, que em 2011, lançou o Novembro Azul no país, tendo como inspiração o movimento australiano Movember (Moustache/November, em livre tradução Bigode/Novembro) e a campanha internacional Outubro Rosa, para o câncer de mama.

Mesmo com as constantes campanhas de prevenção e alerta para a realização dos exames que podem detectar o câncer de próstata em estágio inicial, muitos homens com idade a partir de 45 anos ainda relutam em seguir as recomendações do rastreamento. O câncer de próstata é o tipo mais comum entre os homens brasileiros, atrás apenas do câncer de pele. Anualmente, o país registra cerca de 68 mil novos casos e 13 mil mortes causadas pelo tumor. Falta de informação, preconceito e vergonha são algumas das razões que levam o público masculino a deixar de lado procedimentos simples, rápidos, indolores e fundamentais para identificar a doença em estágio inicial. O tratamento para quem identifica precocemente o câncer de próstata chega a índice de cura de até 90%.

Ação já alcançou 100 milhões de pessoas

Para se ter uma ideia de sua grandiosidade, as ações promovidas pelo Instituto Lado a Lado pela Vida em 2017 atingiram cerca de 100 milhões de pessoas em todo o Brasil. Foram mais de 460 ações como iluminações de prédios e monumentos, palestras, ações em locais de grande circulação de pessoas como estádios, autódromos, shoppings centers e apoios de instituições e personalidades alertando para a importância da realização de exames preventivos. A campanha chegou até mesmo na Times Square, em Nova Iorque, com exibição de um banner em um de seus principais e mais famosos painéis iluminados.

“Números assim refletem o crescimento da campanha e tornaram o Novembro Azul uma referência na missão de orientar a população masculina a cuidar melhor da saúde, impulsionando o movimento a entrar para o calendário nacional de prevenção”, comemora a presidente do LAL.

RESPONDER