Prefeito Edvan Brandão participa da inauguração da APAC de Bacabal

Prefeito Edvan Brandão participa da inauguração da APAC de Bacabal

32
0

Foi realizada na manhã desta quinta-feira, 12, a solenidade de inauguração do Centro de Reintegração Social Dr. Mário Otobboni da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) de Bacabal com total apoio da Prefeitura do Município.

Além do prefeito Edvan Brandão, estiveram presentes, a vice-prefeita Graciete Lisboa; Padre José Ribamar Cardos Lima, diretor-presidente da APAC/Bacabal; Inspetor de Metodologia da FBAC – Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados, Daniel Rabelo; Dra. Glaucia Helen Maia de Almeida, juíza titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Bacabal; Dra. Mirella Cezar Freitas, juíza da 2ª Vara de Itapecuru Mirim; vereadores e representantes do Ministério Público, do Poder Judiciário, da OAB Subseção Bacabal; da Unidade Prisional de Ressocialização de Bacabal e das policias Militar e Civil.

O Centro de Reintegração Social (CRS) está sediado no prédio onde funcionou durante muitos anos a 16ª Delegacia de Policia Civil, localizado na rua Eurico Gaspar Dutra, no Centro. O recuperandos, como são chamados os detentos que são integrados ao programa (12 no total) não recebem o benefício de regressão de pena. Porém, participam de uma rotina que conta com inúmeras atividades visando a reintegração social.

A Dra. Glaucia Helen Maia de Almeida, juíza titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Bacabal, revelou que a força de vontade do padre Ribamar, aliada ao seu desejo de que a cidade de Bacabal também dispusesse de uma APAC, foram fundamentais para o início do trabalho que visa a reintegração social do detento na sociedade por meio de um sistema que “tem como objetivo principal ajudar a justiça, recuperando o preso, auxiliando as vítimas e promovendo a justiça restaurativa”, afirmou a magistrada.

O padre Ribamar Cardoso, que pleiteava a instalação da APAC de Bacabal desde  meados de 2012, fez um discurso voltado para a efetivação dos Direitos Humanos. O presidente da APAC de Bacabal também revelou que são os próprios recuperandos que estão trabalhando na reforma do prédio. “Uma vez que esses direitos são respeitados, essa pessoa será resgatada, ela poderá ser recuperada e voltar a sociedade sendo cidadão de bem”, argumentou Ribamar.

Para o prefeito Edvan Brandão, o momento foi significativo em razão da importância do papel social desenvolvido pela APAC. O prefeito se mostrou comprometido em atender as demandas da entidade fazendo da Prefeitura de Bacabal uma parceira que também está comprometida com o método Apac de reintegração social.

Sobre a APAC

A APAC nasce em 1972, na cidade de São José dos Campos – SP, através de um grupo de voluntários cristãos, sob a liderança do advogado e jornalista Dr. Mário Ottoboni, no presídio Humaitá, para evangelizar e dar apoio moral aos presos.

A APAC é uma entidade civil de direito privado, com personalidade jurídica própria, dedicada à recuperação e à reintegração social dos condenados a penas privativas de liberdade. Ela ainda opera como entidade auxiliar do poder Judiciário e Executivo, respectivamente, na execução penal e na administração do cumprimento das penas privativas de liberdade.

A APAC é composta de 12 elementos: 1. Participação da Comunidade; 2. Recuperando ajudando Recuperando; 3. Trabalho; 4. Espiritualidade; 5. Assistência jurídica; 6. Assistência à saúde; 7. Valorização Humana; 8. Família; 9. O Voluntário e o curso para sua formação; 10. Centro de Reintegração Social – CRS; 11. Mérito; 12. Jornada de Libertação com Cristo.

LEAVE A REPLY

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.